A PUTA DOS FILHOS DA DÚVIDA

O ônibus estava lotado, como sempre. A duas amigas, apinhadas de sacolas, não perdiam o ritmo da conversa.

 O rapaz puxa o sinal para descer, e é seguido pela garota que estava assentada no corredor, mesmo não sendo o ponto dela.
O rapaz puxa o sinal para descer, e é seguido pela garota que estava assentada no corredor, mesmo não sendo o ponto dela.

“E ele não te ligou no dia seguinte?”, perguntou a garota que estava perto da janela. “Não, você acredita?”, respondeu a outra. “Acredito. Esses caras são uns filhos da puta. Eles correm atrás até conseguirem o que querem, e depois desaparecem”. Silêncio… A garota do corredor cutuca a amiga e sussurra, apontando com os olhos um rapaz que estava espremido na porta do meio: “O quê é aquilo ali amiga?! Gatinho”. O rapaz percebe o movimento e corresponde com um sorriso meio desajeitado, acompanhado de uma piscadela. As duas ficam sem graça e dão risadinhas se entreolhando. “Ele é o namorado da Priscila, você não conhece?”, retruca a da janela. “Priscila, que Priscila? E você acha que eu me importo com isso? Quero é curtir, o cara é um gato e não perco essa oportunidade. E aí, o que você acha?”, respondeu a outra. A amiga dá de ombros e sorri: “Sei lá, você que sabe”. O rapaz puxa o sinal para descer, e é seguido pela garota que estava assentada no corredor, mesmo não sendo o ponto dela. A amiga da janela observa a impávida cena. Após a porta se fechar, dá um longo suspiro, seguindo a amiga com os olhos, e fala baixinho: “Homens. Bando de filhos da puta!”.

Anúncios

Olá! O seu comentário é muito bem-vindo!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s